Thursday, June 8, 2017

Folha seca ...

De Cecília Meireles:

Canção de Outono

Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.
De que serviu tecer flores
pelas areias do chão
se havia gente dormindo
sobre o próprio coração?

E não pude levantá-la!
Choro pelo que não fiz.
E pela minha fraqueza
é que sou triste e infeliz.
Perdoa-me, folha seca!
Meus olhos sem força estão
velando e rogando aqueles
que não se levantarão...

Tu és folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
E vou por este caminho,
certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...






7 comments:

  1. A poesia é linda mas Adorei TUAS FOTOS E FOLHAS...lindo! BJS, CHICA

    ReplyDelete
  2. Lindo poema. As fotos são maravilhosas :)

    Beijos

    ReplyDelete
  3. Andas a passear pelo Outono!!
    Alegra-te! Ainda é Primavera!
    Cecília Meirelles, sempre Grande...
    Beijinhos
    ~~~~

    ReplyDelete
  4. Já estás a pensar no outono minha amiga?
    Se bem que a estação é linda e o poema da Cecília é visceral
    Grande beijo querida

    PS: O meu carinho e gratidão por seu apoio e atenção. São esses aconchegos um bálsamo curativo para nossas feridas amiga. Obrigada de coração

    ReplyDelete
  5. Um poema muito bonito que nos leva a pensar na vida!
    Beijinhos =),
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ReplyDelete
  6. Lindo Poema querida, eu não conhecia, acho que o próprio outono já é quase um poema né!

    ReplyDelete
  7. Um poema lindo e tocante, que já conhecia, mas que adorei recordar!
    E adorei as imagens... em especial a primeira e a última... estão lindas!
    Beijinhos
    Ana

    ReplyDelete